Folha de S.Paulo – Colunistas – José Luiz Portella – A cidade, o esporte e o celular – 21/11/2013

Folha de S.Paulo – Colunistas – José Luiz Portella – A cidade, o esporte e o celular – 21/11/2013. 

josé luiz portella

A cidade, o esporte e o celular

DE SÃO PAULO

O Brasil tem uma clara vocação esportiva. De 2001 a 2010, o PIB do esporte (produção de riqueza) cresceu 6,2%, contra 3,2% do PIB brasileiro. Quase o dobro. No período 2007 – 2011, foi de 7,2%.

A receita com esporte corresponde, na pior hipótese, a 1,6% do PIB brasileiro. E, na melhor, a quase 2% (1,997%). Depende do tipo de levantamento.

De todo modo, o PIB do esporte, no Brasil, é semelhante ao PIB total da Sérvia.

Pode ser ainda muito maior.

Quem tem crescido brutalmente é o chamado Esporte de Aventura, também conhecido como Esporte Radical.

A indústria de equipamentos para a prática de esportes fora das academias cresceu 20% (2004) e vem acelerando. Oitenta por cento do faturamento é realizado por esportistas ocasionais ou principiantes. Só 20% vêm dos profissionais.

Nas cidades, o mundo do skate cresce vertiginosamente e envolve toda a juventude. Ajuda a mudar o padrão de comportamento do pessoal entre 12 e 30 anos.

Zanone Fraissat/Folhapress
Jovens no parque do Ibirapuera
Jovens no parque do Ibirapuera

E aí que está o ponto. Ele pode mudar a cidade e tirar a meninada do celular precoce. O esporte é a alternativa à vida no celular. É a vida fora da web.

Cada vez mais um artigo inseparável, em que pesem todas as vantagens de informação e comunicação, o celular gera graves problemas de isolacionismo. Separa as pessoas, apesar de colocá-las perto. E provoca uma imersão, especialmente dos mais jovens, que drena a energia da cidade.

Os jovens são a base e o impulso dessa energia que proporciona o contato social. As famílias se renovam com as crianças. A cidade se renova por conta dos jovens.

A juventude é a força motriz da vida nas ruas. Cidade sem vínculos pessoais, sem pessoas reunindo-se e conversando, é cidade doente, triste.

Mesmo com todo esse dinamismo econômico acima relatado que atesta a resposta imediata que as pessoas dão ao seu chamado, o esporte é mal explorado. Deixa esvair-se um grande desejo de participação que não encontra os meios necessários. Principalmente na periferia onde, mais do que a própria carência de equipamentos, faltam eventos organizados permanentes para o dia a dia. Criar uma rotina de participação e treinamento.

SXC
Jovens ao celular
Jovens ao celular

Em Florianópolis, as corridas de rua passaram a ser o segundo esporte mais praticado. Hoje, existem cerca de 40 assessorias que organizam essas corridas.

Em todas as cidades do Brasil, principalmente nas metrópoles, há um desejo por corridas de rua e eventos esportivos. Esse imenso potencial é o que estamos desperdiçando ao não explorá-lo com planejamento e organização.

Tratamos o esporte como atividade lúdica, sobretudo. É o mesmo erro que se faz com a bicicleta. Além do lúdico, o esporte é saúde pública, treinamento, produção de esportistas para o alto rendimento. Porém, acima disso, o esporte é uma alternativa incomparável de criação de uma cidade saudável. Junto com a cultura. Mas com potencial maior de participantes.

A cidade precisa de gente na rua. Convivendo. O esporte faz isso.

A “celularmania”, aquele olho na telinha que não se levanta nem na hora do diálogo, é o símbolo do isolacionismo.

O esporte é o melhor antídoto para isso. E ainda gera emprego, renda e vida na cidade.

josé luiz portella

José Luiz Portella Pereira, 60, é engenheiro civil especializado em gerenciamento de projetos, orçamento público, transportes e tráfego. Foi secretário-executivo dos Ministérios do Esporte e dos Transportes, secretário estadual dos Transportes Metropolitanos e de Serviços e Obras da Prefeitura de São Paulo e presidente da Fundação de Assistência ao Estudante. Formulou e implantou o Programa Alfabetização Solidária e implantou o 1º Programa Universidade Solidária. Escreve às quintas-feiras.

Anúncios

Sobre danielhomemdaluz

Gerente Comercial, Consultor Comercial, Coaching, Palestrante e Corretor de imóveis.
Galeria | Esse post foi publicado em Cenários, Cuidado, Esporte, Folha de São Paulo, Internet Móvel, Notícias, Saúde, Tecnologia, Telefonia, Tendências e marcado , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s